quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Nismo lançará gama de alta performance com modelos da linha da Nissan



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Nissan do Brasil

A Nismo, divisão de performance da Nissan, entra uma nova etapa em sua história. Visando torná-la uma referência mundial em carros preparados e nas pistas de competição, a marca japonesa irá lançar um novo produto Nismo por ano, baseado nos seus modelos de produção.

Segundo Carlos Ghosn, CEO da Nissan, a Nismo irá desempenhar papel mais destacado dentro do grupo, promovendo atividades relacionadas ao automobilismo e aos carros de performance. “Vai trazer entusiasmo à linha de produtos Nissan, ampliando a sua participação em novos mercados e oferecendo uma ampla variedade de modelos acessíveis e inovadores a um número cada vez maior de clientes”, explicou Ghosn. “Seja um modelo compacto ou um esportivo, se estiver a assinatura Nismo, ele  oferecerá importantes e significativos diferenciais: qualidade, funcionalidade e eficiência, com o inconfundível estilo Nismo de performance e visual.”

O primeiro modelo da linha Nissan a receber a assinatura e o know-how da Nismo será o Juke, que já está à venda na Europa e no Japão e, a partir do segundo trimestre, também será lançado nos EUA. Para o mercado europeu, a Nismo desenvolveu uma nova versão do 370Z. Apresentado mundialmente no inicio do mês, é um dos primeiros resultados da estratégia da Nissan para a divisão: um carro acessível e com excelente performance esportiva.

Como parte do seu plano estratégico de médio prazo “Power 88”, a Nissan prevê lançar pelo menos um modelo Nismo por ano. Entre eles, o símbolo de desempenho e tecnologia da Nissan: o superesportivo GT-R. “Seria impensável para nós desenvolvermos uma gama de carros Nismo sem incluir o GT-R, que refletirá a paixão e o talento da equipe. Tenho certeza que será especial, e eu estou ansioso por dirigi-lo”, complementa Ghosn.                

Nova Sede

A Nissan investiu fortemente nas novas instalações para a Nismo, moderninzando uma antiga unidade de produção para oferecer os recursos necessários para a expansão das atividades da Nismo, muito além da engenharia de motores esportivos. A instalação da nova sede permite que as várias equipes de profissionais estejam reunidas no mesmo espaço, dando mais agilidade às trocas de informações nas várias etapas dos projetos.

O complexo de Powertrain da Engenharia da Nissan reúne vários profissionais, dos mais variados setores correlacionados, tais como oficina, fábrica de motores, salas para fabricação, processos compostos de carbono e depósito de peças. Um novo showroom permitirá que até oito veículos sejam expostos, enquanto que a parte de vendas terá uma área quase duas vezes maior que a anterior nas instalações de Omori, no Japão.

O espírito e inspiração para a Nismo começou com um grupo de engenheiros da Nissan, há quase 50 anos. Em seus esforços para impulsionar as vendas de automóveis de corrida, eles desenvolveram um poderoso motor, criando assim o Nissan Skyline 2000GT, o primeiro de uma linha de lendários automóveis esportivos.  O que veio a seguir foi o sucesso em competições e no desempenho para carros de rua no Japão, culminando, em 1984, com a criação da Nismo.

Essa qualidade, aliada à modernidade, funcionalidade e esportividade, estará no DNA dos novos lançamentos da Nismo. Por isso, a nova gama de modelos será desenvolvida a partir da atual linha de veículos da marca Nissan, combinando harmoniosamente décadas de experiência em corridas da Nismo com a qualidade e inovação dos produtos da Nissan.

A mudança de filosofia para a Nismo também impactará nas atividades futuras da Nissan no automobilismo, na qual se espera ampliar ainda mais a esportividade e a paixão pela inovação. A Nismo assume também a responsabilidade mundial pela gestão do programa da Nissan Motorsport, o que inclui a competição de alto nível em todas as regiões do mundo.

Troller T4: Aventura de 95.000 km do Rio de Janeiro ao Alasca



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Troller

O Troller T4 foi escolhido por um casal de brasileiros para uma aventura que percorreu as Américas e enfrentou os mais diferentes tipos de clima e terreno, em 95.000 km, sem registrar nenhum problema sério com o veículo. O arquiteto carioca Leonardo Pinheiro e a esposa Daniele planejaram com cuidado a viagem de 22 meses. Eles programaram os roteiros, levantaram pontos turísticos, compraram equipamentos e se muniram de toda a documentação para a jornada que chamaram de "Infinita Highway".

O Troller T4 escolhido para a viagem foi um modelo 2008 com motor TDI 3.0. Ele foi preparado com armários para o transporte de equipamentos, protetor do tanque de combustível, quebra-mato, peito de aço, guincho, barraca de teto, faróis especiais e outros acessórios que ajudaram durante a viagem. Além disso, para garantir a segurança e evitar imprevistos o veículo passou por revisões periódicas.

"O carro é o terceiro e fundamental componente desta família. Sabemos da importância de respeitar os limites dele e de fazer as revisões durante todo o percurso. Até hoje, o Troller nunca nos deixou na mão", conta Leonardo.

A aventura é mais uma prova da resistência e versatilidade do Troller T4, legítimo off-road que vem equipado com tração 4x4, diferencial traseiro autoblocante, freio a disco nas quatro rodas, carroceria em compósito resistente à corrosão e impactos e snorkel que permite transpor áreas alagadas com até 800 milímetros de profundidade.

A viagem do casal Pinheiro começou em Niterói, no Rio de Janeiro, em 13 de fevereiro de 2011, em direção a Ushuaia, no extremo sul da Patagônia, na Argentina. De lá, seguiu para Uruguai, Chile, Bolívia, Colômbia, México, Estados Unidos e Canadá, até Prudhoe Bay, no extremo norte do Alaska, cruzando 14 países.

"Traçar a rota foi a parte mais difícil, pois quanto mais pesquisávamos sobre os países mais tínhamos vontade de conhecer tudo. Apesar de termos tentado explorar os lugares ao máximo, certamente precisaremos fazer uma segunda viagem", diz Leonardo.

Depois de dirigir entre os dois extremos das Américas, o casal decidiu embarcar o Troller T4 para a Europa e continuar a aventura no Velho Continente. Mas quando iniciaram a viagem fizeram sua maior descoberta: Daniele estava grávida. "Voltamos ao Brasil para ter o bebê junto da nossa família e não vemos a hora de voltar para a estrada", diz Leonardo. Para conhecer mais detalhes dessa aventura acesse www.infinitahighway.com.br.

Vendas da Toyota no mundo crescem 7,4% em janeiro



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Toyota do Brasil Ltda – Relações Públicas

 A Toyota divulgou em Toyota City, no Japão, os resultados de vendas mundiais em janeiro de 2013. Os números mostram que a montadora vendeu 726.041 unidades, um aumento de 7,4% se comparado com o mesmo período do ano passado, quando 676.301 veículos foram comercializados.

Em termos de produção mundial também houve aumento. Em janeiro deste ano foram produzidas 812.002 unidades, 0,3% a mais que janeiro de 2012. Se considerarmos apenas produção fora do Japão, o aumento foi de 4,9%, com um total de 460.966. O número é recorde para o mês.

Brasil

Os resultados do Brasil mostram crescimento ainda mais expressivo da Toyota. No mês passado foram vendidas 11.925 unidades, aumento de 54% se comparado com o mesmo período do ano anterior.

4ª Velocult conta a história do automobilismo



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Ervin Moretti

Com o objetivo de resgatar a memória gloriosa do automobilismo brasileiro, a Velocult – Semana Cultural da Velocidade – chega à sua 4ª edição orgulhando-se de aliar esporte e cultura. E, neste ano, relembrará os grandes fatos ocorridos e os protagonistas da principal prova do automobilismo nacional: a ‘Mil Milhas Brasileiras’.

Idealizada pelo designer Paulo Soláriz, que já criou troféus para a Fórmula 1 e Fórmula Indy, a 4ª Velocult acontece de 27 de fevereiro a 16 de março, no Espaço Cultural do Conjunto Nacional, em São Paulo (SP).

Ao homenagear a ‘Mil Milhas Brasileiras’ com a mostra de carros, troféus e fotos antigas, a 4ª Velocult espera receber mais de 1 milhão de pessoas durante os 20 dias da exposição.

Charmosa, tradicional e apaixonante, a ‘Mil Milhas Brasileiras’ foi criada por Wilson Fittipaldi e Eloy Gogliano inspirada ‘Mille Miglia’, na Itália. Sua primeira edição aconteceu em 1956, com uma largada noturna no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

 Amante incondicional da velocidade e do automobilismo brasileiro, Paulo Soláriz empresta seu talento e paixão para, a cada ano, homenagear as figuras mais importante deste esporte que emociona há tantas décadas os brasileiros. Não é só a emoção da velocidade que Soláriz quer mostrar, mas também a importância da ‘Mil Milhas’ para a evolução dos automóveis no Brasil.

“A Velocult apresentará ao público a fase romântica do nosso automobilismo, fase que nos deu grandes pilotos, como Bird Clemente, Camilo Cristópharo, Chico Landi, José Carlos Pace, Wilson Fittipaldi Jr., Luiz Pereira Bueno, entre outros.

Esses personagens serviram de inspiração para nomes como Emerson Fittipaldi, Ayrton Senna e Nelson Piquet, que alçaram a condição de pilotos para se tornarem ídolos da nação. A Velocult também mostrará porque a ‘Mil Milhas’ foi um grande impulsionador para o crescimento da indústria automotiva no Brasil, funcionado como um verdadeiro “laboratório” das montadoras e alavancando a economia do país”, relembra Soláriz.

A 4ª Semana Cultural da Velocidade é um evento idealizado pelo designer Paulo Soláriz com apoio da Secretaria da Cultura do Município de São Paulo, Conjunto Nacional, Bardahl, CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), Contini Lemon e Grill Hall Paulista, e com patrocínio da Petrobras e do Governo Federal.

Serviço: 4ª Semana Cultural da Velocidade – Velocult

Local: Espaço Cultural Conjunto Nacional
Endereço: Avenida Paulista, 2.073 – São Paulo - SP
Data: Cocktail de abertura para imprensa e convidados: 26 de fevereiro de 2013
Período de visitação do público: de 27 de fevereiro a 16 de março de 2013
Mais informações: www.velocult.com.br

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

GM inaugura a fábrica sustentável de Joinville (SC)



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa GM

A General Motors do Brasil inaugurou em Joinville (SC) no dia 27/02/2013 uma das fábricas mais sustentáveis do mundo. De suas linhas industriais saem motores 1.0 e 1.4 litro e cabeçotes de alumínio. Sua capacidade instalada de produção é de 120 mil unidades de motores e 200 mil de cabeçotes por ano, destinados às fábricas da GM de Gravataí (RS) e Rosario (Argentina).

Com investimentos de R$ 350 milhões e previsão de faturamento anual de R$ 250 milhões, a nova fábrica é a primeira a implantar um conjunto de sistemas pioneiros na área de eficiência energética e proteção ao meio ambiente, com destaque para a energia fotovoltaica - gerada a partir da luz do sol -, reciclagem de água industrial por meio de osmose reversa e tratamento inédito de efluentes e esgotos por meio de jardins filtrantes.

As iniciativas, que fazem dela uma fábrica sustentável, incluem processos que a tornam uma das primeiras do Brasil a ter 100% dos resíduos industriais reciclados ("landfill free"). Pelo programa "Zero Aterro" todos os resíduos do processo produtivo serão reutilizados, reciclados ou coprocessados.

Os sistemas pioneiros nas áreas de eficiência energética e proteção ao meio ambiente credenciam a fábrica da GM em Joinville à certificação global do Leadership in Energy and Environmental Design – LEED -, que já está na fase de processo de obtenção. No Brasil o LEED é representado pela Green Building Council Brasil – GBC Brasil, ligada à US GBC (United States Green Building Council), mais importante organização global na avaliação de edifícios sustentáveis em termos de eficiência energética e proteção ao meio ambiente.

O evento de inauguração contou com as presenças de Jaime Ardila, presidente da GM América do Sul e GM do Brasil, Marcos Munhoz, vice-presidente da GM do Brasil, Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais da GM do Brasil, além de outros diretores da empresa. Também estiveram presentes João Raimundo Colombo, governador do estado de Santa Catarina, Udo Döhler, prefeito de Joinville, Luiz Henrique da Silveira, senador da República e ex-governador daquele estado, além de outras autoridades estaduais e municipais.

Projeto estratégico

A construção da nova fábrica de Joinville revela a importância estratégica que a região e o País possuem para o crescimento da GM no mundo. Jaime Ardila, presidente da GM América do Sul e da GM do Brasil, destaca a importância da nova unidade, necessária para atender a forte demanda do mercado brasileiro nos últimos anos e também às exportações.

"A nova fábrica em Joinville é uma das mais modernas da GM na América do Sul e no mundo, incorporando os mais avançados processos de tecnologia automotiva e de sustentabilidade. A produção de motores e componentes em Santa Catarina tem como objetivo ajudar a alavancar o crescimento da GM em toda a região, que ganhou mais importância ainda dentro da companhia com a criação da divisão GM América do Sul", afirma Ardila.

Para Marcos Munhoz, vice-presidente da GM do Brasil, a escolha de Joinville para a implantação do novo projeto da companhia ocorreu em função de a cidade oferecer condições favoráveis à execução e desenvolvimento da iniciativa.

"Joinville possui excelente infraestrutura e mão-de-obra bastante qualificada, além de contar com a proximidade de cinco portos no estado de Santa Catarina, o que favorece e muito seu desempenho do ponto de vista estratégico de nossas operações", relata. Joinville está localizada a 530 quilômetros da cidade de São Paulo e a 600 quilômetros da cidade de Porto Alegre.

Ele acrescenta que a empresa "tem muito orgulho em implementar um conjunto de tecnologias inovadoras, que fazem parte de uma fábrica sustentável. A GM tem um compromisso muito forte com o meio ambiente. Isso faz parte do DNA da companhia".

Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais da GM do Brasil, que participou da implantação do projeto desde a fase de prospecção e sua viabilização, destaca que "tivemos a melhor receptividade possível tanto do governo estadual de Santa Catarina, quanto da Prefeitura de Joinville. Sentimos essa disposição bastante favorável também da própria comunidade catarinense".

Wurth lança Disco de Lixa abrasiva com material de alto rendimento



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por CDI Comunicação Corporativa

químicos, ferramentas e EPI’s – acaba de ampliar sua linha de produtos para o mercado de reparação com o Disco de Lixa Emerald que pode ser usado em equipamentos elétricos ou pneumáticos.

Utilizado em vários tipos de indústrias em operações como desbaste de madeira, massas, metal e remoção de tintas automotivas velhas, o Disco de Lixa Emerald da Wurth possui como diferencial o costado de poliéster que rende até três vezes mais do que o costado de papel, comum no mercado. Além disso, o disco abrasivo é composto por grãos de óxido de alumínio Premium, que proporciona 30% mais de superfície lixada e camada de cobertura de resina fenólica, para evitar que os grãos se soltem e mantendo a eficiência.

Recomendado para lixar quinas e cantos, o costado de poliéster tem vida útil mais longa, resiste até cinco vezes mais e não rasga na aplicação. O disco esta disponível do grão 80 ao 2000 e possui uma camada abrasiva aberta que proporciona 15% menos empastamento. A superfície da lixa é uniforme, o que garante melhor acabamento e qualidade no resultado final.

O desempenho do disco de lixa pode ser potencializado se usado com outros produtos da Wurth: o Polidor Micro Abrasivo P2, que remove defeitos da camada superficial da pintura como névoas de tintas, pequenos riscos, opacidade da pintura e manchas e as boinas aplicadoras Dupla Face e Super Macia para dar o acabamento no brilho final.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Suzane Carvalho chega de sua expedição sobre duas rodas, entre Manaus e o mar do Caribe



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Pedro Dell’Ossi - Centro de Treinamento de Pilotos Suzane Carvalho

Após percorrer quase 5.000 km sozinha em uma motocicleta Honda NC 700X, a piloto-jornalista Suzane Carvalho desembarcou na última sexta-feira à noite em São Paulo. Ela saiu de Manaus no dia 09 de fevereiro em direção ao Mar do Caribe.  Passou por florestas, planícies, praias e cachoeiras, e retornou a Manaus no dia 20.

Ainda em Manaus ela concedeu entrevista para o jornal Bom Dia Amazônia e para o programa Globo Esporte, ambos da TV Globo local.  Em seguida, deu uma entrevista coletiva para todos os meios de comunicação com foco nos mais diversos seguimentos: turismo, esporte, entretenimento, motor e de celebridades.

Foi uma aventura perfeita!  O percurso foi perfeito, a moto foi perfeita, e os percalços do meio do caminho serviram para dar mais sabor à viagem.”

No sábado Suzane, que tem um Centro de Treinamento de Pilotos, já acompanhou seu piloto, Rafael Velho, que correu na categoria Rotax Junior da Copa São Paulo de Kart da Granja Viana. Os relatos do dia-a-dia da viagem podem ser lidos em seu Blog no UOL no endereço http://suzanecarvalho.blogosfera.uol.com.br/

Audi comemora cinco milhões de unidades produzidas com tração quattro



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Departamento de Imprensa Audi Brasil

A Audi AG celebra um evento especial nesta segunda-feira, 25: a produção de cinco milhões de veículos com sistema de tração quattro. O carro que saiu da linha de montagem com este número simbólico é um Audi A6 allroad 3.0 TDI branco, produzido na fábrica de Neckarsulm, na Alemanha. O recorde é uma prova do papel de liderança desempenhado pela tecnologia pioneira de tração integral da Audi– nenhuma marca premium no mundo já comercializou tantos modelos com tração nas quatro rodas ou oferece uma gama de modelos com mais de 140 variantes para veículos com tração quattro.

A tecnologia quattro estreou em 1980, no lendário modelo quattro. Somando-se todos os tipos de carrocerias, motores e sistemas de transmissão disponíveis, são mais de 140 modelos diferentes. A Audi oferece a mais ampla gama de automóveis com tração nas quatro rodas: o Audi Q7, R8, A4 allroad, A6 allroad, bem como todos os modelos S e RS estão disponíveis exclusivamente com sistema quattro. A Audi oferece também a tecnologia como opcional em todas as outras séries.

O sistema quattro é um dos pilares fundamentais da nossa marca e tem sido um fator fundamental na nossa história de sucesso”, disse Rupert Stadler, presidente do Conselho de Administração da AUDI AG. ”A tração permanente quattro torna possível experimentar diretamente o nosso ‘Vorsprung durch Technik’. Estamos comprometidos com o nosso papel pioneiro e vamos continuar a desenvolver esta vantagem com as novas tecnologias."

A tração quattro é mais do que uma tecnologia - é um ícone. O nome representa a segurança de condução, esportividade, competência técnica e uma atitude dinâmica que “segura” o veículo mesmo em condições adversas de estrada. O sucesso dos modelos quattro vem da estrada e do automobilismo, assim como de uma lendária série de comerciais de TV – como o salto de esqui em Kaipola, na Finlândia, em que o Audi quattro 100 CS subiu por ele mesmo a montanha, em 1986.

"Quattro" significa "Audi", e "Audi" - muitas vezes - significa "quattro": em 2012, mais de 43% dos clientes da marca alemã escolheram um modelo com esta tecnologia, um novo recorde para a companhia. O Audi Q5 está no topo da lista, com cerca de 205.600 unidades. Mas não foram apenas os motoristas de SUVs que optaram pela tração nas quatro rodas oferecida pela montadora dos quatro anéis: cerca de um em cada quatro clientes das outras linhas selecionou um modelo com tração quattro, em 2012.

Os modelos quattro vendem muito bem nos Estados Unidos, Canadá, Rússia e nos mercados do Oriente Médio. Estatísticas de 2012 mostram 99.800 novos modelos Audi com tração permanente e integral vendidos na Alemanha - muito mais do que os concorrentes da empresa.

O sistema quattro é especialmente importante para a planta de Neckarsulm, onde o carro de número cinco milhões saiu da linha de montagem: mais do que um em cada dois carros fabricados ali possui tração integral.

O sistema ganha características exclusivas nos modelos oferecidos pela quattro GmbH, uma subsidiária da AUDI AG, responsável pelo desenvolvimento e construção dos modelos de alto desempenho, como RS e R8. O cliente pode ter seu carro personalizado pela empresa e encomendar acessórios especiais. A demanda por isso está aumentando: os 800 funcionários da quattro GmbH representam um crescimento dinâmico para a empresa que tem 30 anos de existência.

Audi quatro - a tecnologia

Além de seus modelos de linha, a Audi oferece uma grande variedade de protótipos - e a tecnologia quattro é igualmente abrangente. Há uma solução de design personalizado disponível para cada conceito.

Para o compacto A3, Q3 e modelos TT, com motor transversal, a Audi utiliza a tração quattro com embreagem multi-disco controlada eletronicamente e  com atuador hidráulico. O sistema é montado sobre o eixo traseiro para assegurar a melhor distribuição possível de peso. Em condições normais, a embreagem envia energia quase que exclusivamente para as rodas da frente; se uma roda patina, 100 por cento do torque pode ir para a traseira. O novo A3 apresenta a mais recente atualização da embreagem multi-disco.

O diferencial central autoblocante, que é utilizado na maioria dos modelos Audi com motor longitudinal, é um conjunto de engrenagens planetárias mecânicas que desviam o torque instantaneamente. Normalmente, a distribuição do torque é de 40 por cento para o eixo dianteiro e 60 por cento para o traseiro. Porém, se necessário, pode dirigir a maior parte da energia para o eixo com melhor tração.

A vetorização de torque aperfeiçoa a ação do diferencial nas curvas mais rápidas, aplicando - de maneira sutil, seletiva e pulsante - frenagem nas rodas, se necessário. O SUV Audi Q7 usa uma forma especial do clássico diferencial central quattro, integrado a uma caixa de transferência.

Os dinâmicos Audi RS 4 Avant, RS 5 Coupé e RS 5 Cabriolet apresentam o diferencial central em seu último estágio de evolução. O diferencial central com engrenagem de coroa, leve e compacto, que funciona de maneira extremamente rápida e sem problemas, pode direcionar até 85 por cento do torque para o eixo dianteiro e, no máximo, 70 por cento para a parte traseira. Assim como no diferencial central tradicional, ele pode ser combinado com outra tecnologia Audi – o diferencial esportivo, que distribui a energia ativa para as rodas traseiras.

O superesportivo Audi R8 também tem uma relação própria com o sistema de tração quattro, que possui acoplamento viscoso que pode desviar 15-30 por cento do torque para as rodas da frente, quando as condições requerem que isto aconteça. Localizado sobre o eixo dianteiro, o acoplamento é alimentado por um eixo cardã, que gira para frente a partir da transmissão.

A história do Audi quatro

Com a quattro, a Audi tornou-se pioneira nos sistemas de tração integral para carros de passeio. A origem vem do inverno de 1976-77,  quando um grupo de engenheiros da Audi realizou test drives na neve, na Suécia. Um Iltis (modelo militar compacto da Volkswagen) viajou junto para fins de comparação - apesar de ter apenas 75 cv, o veículo todo-terreno facilmente superou os protótipos Audi muito mais poderosos, com seus sistemas de tração dianteira. Poucas semanas depois, uma pequena equipe de engenheiros liderada pelo Dr. Ferdinand Piëch, então Conselheiro para Desenvolvimento Tecnológico da Audi, começou a desenvolver um carro com tração integral.

A grande sacada, que fez a tecnologia quattro tornar-se possível, em primeiro lugar, foi o eixo oco, perfurado na transmissão, através do qual a força do motor flui em duas direções. Ele dirige o diferencial central na sua retaguarda. A outra metade do torque do acionamento do diferencial foi transferida para o eixo dianteiro ao longo de uma saída rotativa no interior do eixo oco secundário. Este eixo vazio permitiu a tração para todas as rodas, praticamente livre de tensão; de maneira leve, compacta e eficiente; e que opera sem a necessidade de uma caixa de transferência pesada ou eixo-cardã secundário.

O princípio quattro é especialmente adequado para carros esportivos, que a Audi produz em volumes elevados. A tecnologia revolucionária teve estreia marcante em 1980, no Salão Internacional de Genebra, com o Audi quattro: um cupê com formas quadradas e 200 cv de potência. Originalmente planejado para ter baixo volume de produção, a alta demanda levou o modelo quattro original ao sucesso. Repetidamente atualizado, ele permaneceu em produção até 1991. Em 1984, a Audi lançou o compacto Sport quattro, com 306 cv e distância entre-eixos curta.

Em 1986, a Audi substituiu o diferencial central com bloqueio manual da primeira geração pelo diferencial Torsen (Torsen = torque sensing). Esta transmissão de engrenagem era capaz de fazer a distribuição variável de torque. O próximo grande passo veio em 2005, com o disco planetário, que oferecia distribuição assimétrica dinâmica do torque.

Em paralelo, a Audi expandiu sua linha de modelos quattro. A empresa decidiu voltar, em 1980, a oferecer o sistema quattro em cada linha e os novos modelos foram marcos importantes no caminho da Audi no segmento premium. O primeiro modelo TDI com tração permanente nas quatro rodas surgiu em 1993 e quatro anos depois a tecnologia migrou para o segmento compacto.

Nissan inicia entrega de carros a atletas de seu time



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Nissan do Brasil

A Nissan iniciou hoje a entrega dos veículos a cada um dos integrantes do Time Nissan, programa de incentivo a atletas com foco em 2016. Os primeiros sete atletas receberam os veículos em São Paulo, na concessionária Grand Brasil Vila Olímpia: Yamaguchi Falcão (boxe), Eleudis Valentim (judô), Nivalter Santos (canoagem), Ana Marcela de Jesus (natação), Franck Caldeira (atletismo), Renato Rezende (ciclismo BMX) e Jonathan Silva (atletismo). Os demais receberão os veículos nas próximas semanas, nas cidades onde moram ou treinam.

Cada selecionado para a equipe (veja lista completa abaixo) receberá um modelo Livina X-Gear, top de linha Livina. “Escolhemos o Livina por se tratar de um carro esportivo, que tem a ver com a personalidade competitiva de cada um dos atletas nos quais estamos investindo e oferecendo todas as condições para que se preparem da melhor forma possível para os Jogos de 2016. É um carro versátil, que atende bem as mais variadas demandas de uso e adaptação”, afirma Fernando Menezes, diretor de comunicação da empresa.

Para atender às necessidades dos paralímpicos, os veículos foram adaptados e já estão prontos para uso. Os custos de seguro, manutenção e revisão serão da montadora. ”Estamos oferecendo a esses atletas o conforto interno e segurança encontrados nos modelos Livina tradicionais, com a diferença de que foram feitas algumas adaptações, como a colocação de acelerador eletrônico e freio manual, plataforma para acesso de cadeira de roda no lado do passageiro e adaptação de trilho de acordo com a altura do atleta, entre outros, dependendo de cada caso e necessidade“, explica Alexandre Clemes, gerente de marketing e produto da Nissan.

Estou muito feliz. O carro chegou na hora certa. A Nissan nos dá um apoio muito importante na preparação para as próximas competições, até os Jogos Olímpicos”, disse o boxeador Yamaguchi Falcão, que foi bronze nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012. “A Nissan está investindo em nosso potencial. O carro vai me ajudar para ir até os treinos e para agilizar a preparação”, disse a atleta Ana Marcela de Jesus, duas vezes campeã da Copa do Mundo de Natação e que disputa neste ano o Campeonato Mundial, em Barcelona.

Fazem parte atualmente do Time Nissan 22 atletas olímpicos e seis paralímpicos representando 12 modalidades olímpicas e cinco esportes paralímpicos, faltando apenas dois nomes para fechar a equipe de 30 integrantes.

Hortência Marcari, ícone do basquete brasileiro e medalhista olímpica, e Clodoaldo Silva, um dos maiores medalhistas paralímpicos de todos os tempos, são os mentores da equipe, com a missão de incentivar, acompanhar a preparação e dividir suas experiências pessoais e esportivas até o início das competições, em 2016.

O lançamento oficial do Time Nissan aconteceu em novembro de 2012, em cerimônia no Rio de Janeiro que contou com a presença dos escolhidos para o Time e do CEO da Nissan, Carlos Ghosn, além de executivos da montadora, dirigentes esportivos, autoridades e convidados.

A partir de um universo de mais de 350 inscritos pelo site www.timenissan.com.br, os 30 atletas foram selecionados por uma a banca formada pelo presidente da Nissan do Brasil, François Dossa, pelo diretor de marketing da montadora, Murilo Moreno, pelo superintendente de esportes do Comitê Olímpico Brasileiro, Marcus Vinícius Freire, pelo diretor técnico do Comitê Paralímpico Brasileiro, Edílson da Rocha, além de Hortência e Clodoaldo Silva. O Ministério do Esporte enviou seus votos por email.

Além dos carros, que ajudarão a facilitar a mobilidade e otimização de tempo, a Nissan oferecerá formação fora das quadras, pistas, piscinas e campos a seus representantes, com a promoção de workshops e seminários constantes. A Nissan prevê também atividades com os respectivos treinadores.

Fazem parte do Time Nissan os seguintes atletas (ordem alfabética):

Olímpicos


Adriana Araújo, boxe
Alessandra Marchioro, natação
Ana Marcela de Jesus, natação
Andressa Oliveira, atletismo
Darlan Romani, atletismo
Eleudis Valentim, judô
Evandro Gonçalves, vôlei de praia
Felipe Kitadai, judô
Franck Caldeira, atletismo
Graciele Herrmann, natação
Guilherme Toldo, esgrima
Isabel Swan, vela
Isabela Ramona Macedo, basquete
Jonathan Silva, atletismo
Nivalter Santos, canoagem
Raphaela Galacho, taekwondo
Renata Decnop, vela
Renato Rezende, ciclismo
Rosangela Santos, atletismo
Vitor Araújo, vôlei de praia
Yamaguchi Falcão Florentino, boxe
Ygor Coelho, badminton

Paralímpicos

Dirceu Pinto, bocha
Edênia Garcia, natação
Jane Karla, tênis de mesa
Jovane Guissone, esgrima
Michele Ferreira, judô
Susana Scharnardof, natação

domingo, 24 de fevereiro de 2013

É necessário mudar para reduzir acidentes de trânsito



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por VGCOM Assessoria

Esta semana a imprensa divulga o crescimento das internações de motociclistas acidentados.

Todavia, o que o Estado e seus órgãos de trânsito tem feito em termos de ações plausíveis para diminuir essa epidemia?

Em São Paulo a própria CET trata o motociclista como marginal, como problema! Vemos campanhas de “Respeite o Pedestre” ou “Respeito o Ciclista” e não vemos nada como “Respeite o Motociclista”.

O aumento da animosidade entre veículos de 4 e 2 rodas é culpa da omissão e das ações desastrosas dos próprios órgãos de trânsito.

Se em países como Espanha e EUA por meio de estatísticas concluíram que 7 em cada 10 acidentes entre carros e motos a culpa é do motorista, no caso de Espanha e a Motorcycle Safety Foudation afirma que mais de 55% dos acidentes entre ambos a culpa é do motorista, Pergunto: será que no Brasil é diferente?

A política de trânsito busca fluidez para os carros, em detrimento a todos os outros meios de transporte, quer seja coletivo ou individual.

Sugiro três mudanças necessárias para se alterar essa epidemia:

1) não só alterar a categoria “A” da CNH, mas também alterar a categoria “B” para permitir a essa categoria pilotar scooter até 33cv de potência. Mesmo que o futuro motorista não venha utilizar o veículo de duas rodas, no processo educacional para obter a habilitação, terá conhecimento de que a estabilidade do veículo de duas rodas é dinâmica, enquanto do automóvel é estática, contribuindo para respeitar o veículo menor e mais vulnerável na divisão da via pública. Aqui o modelo de habilitação a ser adotado é o italiano;

2) Acabar com o CFC´s, já que a matemática não fecha: a educação de trânsito deve ser totalmente de responsabilidade do Estado e a Polícia Militar tem que assumir o ensino de trânsito. Os candidatos a motorista ou motociclista são adestrados pelos CFC´s que necessitam de alta rotatividade para pagar suas contas, já que é privado e necessita aumentar sua receita. É impossível ensinar rápido! Por esta razão o “ensinar trânsito” deve ser de competência da divisão de trânsito da Polícia Militar;

3) o DENATRAN tem que ter autonomia politico, financeiro, administrativo. Tem que se tornar uma autarquia e sair da batuta política para a batuta técnica e assim o Brasil ter uma política séria de segurança de trânsito.

André Garcia é motociclista, advogado especialista em Gestão e Direito de Trânsito, colunista na imprensa especializada de duas rodas, laureado com o Prêmio ABRACICLO de Jornalismo em 2008 com matéria de segurança viária, criador do Projeto Motociclismo com Segurança.

Carros antigos voltam ao sambódromo de SP em Março



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Auto Show Collection

O Auto Show Collection, encontro de carros antigos e customizados voltará a ocupar o espaço do sambódromo paulistano a partir do dia 05 de março. Atração turística na cidade e com uma programação especial voltada aos aficionados por carros antigos, customizados, Off Road, motocicletas, miniaturas e modelismo, o evento reúne cerca de 5.000 pessoas nas noites de terça-feira e já se tornou parte do calendário cultural da cidade de São Paulo.

Na primeira noite da “temporada 2013” o Auto Show Collection fará uma festa com os clubes de carros que marcam presença no evento semanal como Chrysler Clube do Brasil, Clube do Fordinho,  Jeep Clube do Brasil, Chevrolet Clube, Clube do Opala, Clube do Galaxie, Clube do Ford V8, Fusca Clube do Brasil, Volksporsche, Clube do Puma, Clube do Gol Quadrado, entre outros.

O calendário do evento na edição 2013 já foi divulgado pela Matel Produções, organizadora do Auto Show Collection. Abaixo, confira as datas do evento:

MARÇO

05 Festa de Abertura com todos os clubes

12 Noite dos anos 1990

19 Noite Volkswagen: Fusca e modelos VW

26 Exposição clássica

ABRIL

02 Exposição clássica

09 Noite dos anos 1980

16 Galaxie Night

MAIO
14 Noite do Fordinho

21 Noite Família Fiat

JUNHO

04 Maverick Night – 40 anos

11 Noite dos Pesos Pesados (caminhões e ônibus antigos)

18 Noite das Mulheres

25 Noite do Fusca – comemoração do Dia Mundial do Fusca

JULHO

02 Noite dos Jeeps e Veículos Militares

16 Noite Italiana

23 Campeonato de R⁄C 2013 – 1ª etapa e Noite das miniaturas

30 Chrysler Night

AGOSTO

06 Noite dos Clássicos Ford

13 Noite do Opala

20 Noite do Gol Quadrado

27 Noite das motos antigas

SETEMBRO

03 Exposição Clássica

10 Noite da Cherokee e linha Chysler

17 Noite dos Clássicos Chevrolet

24 Noite Ianque – carros fabricados nos EUA

OUTUBRO

01 Noite dos Hot Rods e antigos customizados

15 Noite do Puma e DKW

22 Noite das Pickups

29 Noite Renault (a confirmar)

NOVEMBRO
05 Arrancada R/C – 2ª etapa

12 Noite do Porsche e família VW

19 Noite dos anos 1950 e 1960

26 Noite do Ford V8 – festa de encerramento

Serviço:
Auto Show Collection
Local: Sambódromo de SP
Av. Olavo Fontoura, 1209 (entrada pelo portão 23 )

Subaru divulga atividades automobilísticas para 2013



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Grupo CAOA - Comunicação

Com forte atuação no segmento automobilístico, a Fuji Heavy Industries Ltd. (FHI) - fabricante dos automóveis Subaru e a Subaru Tecnica International Inc. *1 (STI) anunciam as atividades da SUBARU Motorsport para 2013.

*1: A Subaru Tecnica International Inc. (STI), uma subsidiária controlada totalmente pela FHI, está baseada na cidade de Mitaka, em Tóquio. A empresa gerencia as atividades de competições automobilísticas da Subaru. O presidente da companhia é Hiroyuki Karamatsu.

SUPER GT Series

A SUBARU irá participar da série SUPER GT novamente este ano com o "SUBARU BRZ GT300". O campeonato é considerado como a mais importante categoria automobilística do Japão. O carro de corrida foi construído pela STI sob a supervisão de Hideharu Tatsumi, diretor Geral da STI Motorsport Project Office, e utiliza a mesma configuração com motor dianteiro de tração traseira do Subaru BRZ produzido em série. O motor Subaru BOXER turbo é montado na frente do carro. Como em anos anteriores, a equipe será operada numa ação conjunta com a "R&D SPORT", liderada pelo diretor Shinji Motojima. Tetsuya Yamano e Kouta Sasaki serão os pilotos do time. A SUBARU irá desenvolver ainda mais o carro no início da temporada para lutar por vitórias tanto na categoria como no campeonato.

24 Horas de Nürburgring

A STI participará da corrida 24 Horas de Nürburgring (de 17 a 20 de maio na Alemanha) pelo sexto ano consecutivo, com um veículo cujo desempenho foi aperfeiçoado a partir do Subaru WRX STI de quatro portas. A STI venceu na categoria SP3T da corrida de 24 horas em 2011 e 2012 e tentará obter a terceira vitória consecutiva este ano. O carro teve sua competitividade reforçada através de um centro de gravidade ainda mais baixo e outros aprimoramentos visando maior performance.

O veículo participará de uma corrida curta na série VLN em abril, já em Nürburgring, para realizar acertos antes da prova final de 24 horas em 19 e 20 de maio. Como no ano passado, Hideharu Tatsumi vai assumir o controle das operações como chefe de equipe, juntamente com suas funções no desenvolvimento do carro. A equipe contará com os pilotos Toshihiro Yoshida e Kouta Sasaki, ambos do Japão, que serão inscritos na prova juntamente com mais dois pilotos europeus. Como nos anos anteriores, mecânicos e pessoal de serviço escolhidos entre as concessionárias SUBARU do Japão participarão da corrida como parte da equipe.

International Rally Series da FIA
Da mesma forma que nos anos anteriores, a SUBARU continuará apoiando pilotos particulares que participarão do Campeonato Mundial de Rally da FIA (WRC2) e do Campeonato Europeu de Rally (ERC), que foi reunido ao antigo Intercontinental Rally Challenge (IRC).

SUBARU Challenge Award para o Campeonato Mundial de Rally da FIA 2

O apoio da marca ao Campeonato Mundial de Rally da FIA (WRC2) consiste no "SUBARU Challenge Award", que foi estabelecido para apoiar as atividades de pilotos no Campeonato Mundial de Rally para Carros de Série (PWRC) desde 2011. Ele será atribuído aos pilotos que terminarem cada um dos ralis nas duas primeiras posições. A classificação será feita em todas as 13 etapas *2 do WRC2 2013.

Poderão participar os pilotos inscritos no WRC2 para todo o ano e participantes convidados. Os carros participantes são veículos Subaru enquadrados no regulamento do Grupo N (N4).

*2: A primeira etapa (Monte-Carlo) está incluída.

Campeonato Europeu de Rally da Fia

O ERC é um campeonato de rali promovido pelo EUROSPORT *3. Ele foi reunido ao antigo Intercontinental Rally Challenge (IRC). Os pilotos Toshihiro Arai (Japão) e Andreas Aigner (Áustria), que participaram do IRC, serão apoiados pela Subaru em 2013.

*3: O EUROSPORT é um canal de televisão pan-europeu especializado em esportes.

smart e BoConcept apresentam designs conjuntos exclusivos: a mobilidade urbana chega à sala de estar


VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Mercedes-Benz

A smart, marca da mobilidade urbana, e a BoConcept, especialista dinamarquesa em design de interiores, uniram sua expertise nas disciplinas "forma" e "funcionalidade".  As equipes de design de ambas as marcas criaram em conjunto uma nova coleção de móveis e acessórios e uma versão especial do smart fortwo cabrio. O objetivo do processo de desenvolvimento foi combinar o melhor de suas áreas de produto: o conforto convidativo e o toque acolhedor de sua própria casa com a vitalidade e velocidade da vida na cidade. O smart fortwo BoConcept signature stylee a smartville collection serão apresentados na BoConcept Friedrichstraße Store, em Berlim, no próximo dia 28 de fevereiro.

A colaboração entre as duas empresas começou como uma troca criativa centrada no design urbano e resultou em dois projetos concretos, pois as exigências em termos de design, funcionalidade e qualidade são muito semelhantes em ambas as áreas. A crescente limitação de espaço utilizável é um grande desafio tanto para a indústria do automóvel como no design de espaços residenciais - especialmente no contexto do ambiente urbano e vida nas cidades. Foi por isso que a smart e a BoConcept decidiram enfrentar o desafio de desenvolver soluções inteligentes para melhor aproveitamento do espaço, sem nunca abrir mão do design criativo e da qualidade. O conceito de mobilidade inteligente do smart, por exemplo, oferece uma resposta à limitação dos espaços de estacionamento, enquanto o mobiliário multifuncional ajuda a otimizar o espaço residencial limitado.  Ao mesmo tempo, ambas as fabricantes oferecem aos seus clientes a maior gama possível de opções para seus produtos.

"A smart e a BoConcept têm um objetivo comum: utilizar da melhor forma possível o espaço limitado disponível na cidade por meio de produtos com design atraente - produtos que permitem a nossos clientes tanto expressar suas personalidades e organizar suas vidas como possibilitam uma comunicação descontraída. A intensa colaboração com a BoConcept sobre como criar espaços de convivência convidativos foi muito empolgante. Ela resultou em um mobiliário especial e um smart especial, no qual você se sente confortável quando está na cidade", explica a Dra. Annette Winkler, chefe da smart.

Claus Ditlev Jensen, diretor de Visual da BoConcept, acrescenta: "Trabalhar com um designer de automóveis é uma nova experiência para nós, com certeza. A expressão criativa dentro dos limites e, ao mesmo tempo, com todas as opções do design automotivo foi extremamente inspiradora para nós."

O smart fortwo BoConcept signature style

Tomando um smart BRABUS cabrio (75 kW) como ponto de partida, os designers da smart e da BoConcept desenvolveram um veículo que reúne as tendências de design dos dois universos de produtos. O exterior tem uma aparência leve e elegante. Ao mesmo tempo, o interior, dominado por materiais naturais como couro e feltro, tem um caráter mais cálido e aconchegante.

Os painéis da carroceria típicos do smart são em branco cristal fosco. Cores foscas foram selecionadas durante o projeto do carro, inspiradas pelo interior de residências, onde superfícies foscas são muito exclusivas. A textura aberta da pintura proporciona tanto um visual de alta qualidade como uma sensação atraente.

A típica cor contrastante do smart no fortwo BoConcept signature style é um marrom oriental metálico fosco.  Ele pode ser visto na célula tridion e nas carenagens dos espelhos das portas. O teto de tecido também é marrom. A cor é uma clara referência aos tons de madeira do mundo do mobiliário e fica muito elegante num automóvel. As listas em amarelo limão, que adornam tanto os espelhos externos como as rodas BRABUS Monoblock VII em marrom oriental metálico fosco, criam um contraste chamativo.

O interior carrega claramente a assinatura dos designers dinamarqueses: é dominado pelo couro marrom tabaco que recobre os bancos, o acabamento interno das portas, os instrumentos sobre o painel e o volante esportivo BRABUS com três raios. Feltro cinza foi usado nos encostos dos bancos, nos painéis internos das portas e na parte superior da proteção dos joelhos. Como no exterior, o amarelo limão smart também cria toques vívidos no interior do carro - nas emendas e costuras duplas dos bancos, no volante e ao redor dos instrumentos salientes. O logotipo BoConcept nos tapetes de veludo preto e as etiquetas costuradas nos assentos registram a cooperação entre as duas empresas. O acabamento em carvalho do botão do câmbio assinala a primeira vez que madeira natural é utilizada em um smart.

A partir de março deste ano, as lojas BoConcept Stores em várias cidades ao redor do mundo estarão usando o smart fortwo BoConcept signature style como um ágil embaixador da marca.

A coleção smartville

A coleção smartville, criada em conjunto, reflete o jogo de cores e materiais do smart fortwo BoConcept signature style em móveis e acessórios. Simultaneamente, a funcionalidade do smart é a força motriz por trás dos designs. O centro da coleção é um sofá modular, cujo tamanho padrão, de 2,69 m, corresponde exatamente às medidas compactas do smart fortwo. A coleção de móveis é suplementada por uma icônica poltrona reclinável com várias referências a um banco de automóvel, assim como uma mesa de centro com visual leve e moderno. A coleção de acessórios inclui louças smartville, almofadas especiais e um relógio de mesa que clientes da smart reconhecerão, já que foi inspirado no cockpit de seus smarts fortwo.

A coleção smartvilleestará disponível a partir de 5 de março em todas as lojas BoConcept do mundo e também online, pelo link www.boconcept.com

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Audi A4 é eleito o melhor veículo usado do mundo pelo segundo ano consecutivo



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Audi Brasil

A Audi manteve a liderança no relatório “DEKRA Used Car Report” de 2012, que elegeu o A4 como o veículo com menor taxa de falhas entre todos os modelos usados. Na classificação geral, é a quinta vez consecutiva que a fabricante alemã recebe esta indicação.

Anualmente, os especialistas do prêmio realizado pela DEKRA, empresa internacional de vistoria e segurança veicular, intitulam o “Melhor de Todas as Categorias” para o modelo que apresentar menor índice de falhas em três classes de quilometragem. Desde que o relatório foi lançado, no ano de 2008, o carro mais confiável e com menor número de defeitos tem sido sempre um Audi. Essa é a segunda vitória do A4. O A6 também já ganhou esse prêmio entre 2008 e 2010. O título ressalta a impressionante qualidade, em longo prazo, dos veículos da marca dos quatro anéis.

O relatório “Used Car Report”, que anteriormente já foi chamado de “Faults Report”, visa à execução de testes que analisam a qualidade dos veículos. Um total de 15 milhões de carros é examinado e dividido em oito diferentes classificações. A DEKRA, uma das principais empresas mundiais de perícias, cria um perfil específico de falha em três diferentes quilometragens para cada tipo de carro. O modelo com a melhor média de todas as três classes de milhagem é o vencedor do “Melhor de Todas as Categorias”.

Nesta recente pesquisa, o A1 ficou no topo do pódio dos veículos com até 50.000 km de uso. Já na faixa entre 50 a 100 mil quilômetros, a Audi também ficou na frente com os modelos A5, TT e Q5, cada um em seu respectivo segmento. Desta forma, a marca alemã das quatro argolas liderou cinco do total de oito classificações diferenciadas por quilometragens e classes de veículos.

Ansiedade toma conta dos pilotos antes da estreia da Mitsubishi Lancer Cup 2013


VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Assessoria de Imprensa Mitsubishi

Para os pilotos gentlemen drivers que veem o automobilismo muito além dos olhos, cada corrida é uma nova emoção, principalmente quando se trata de um campeonato inédito. Com a estreia da Mitsubishi Lancer Cup se aproximando, a ansiedade toma conta dos competidores do primeiro campeonato exclusivo de Lancer Evo R no mundo.

"As expectativas são sempre muito grandes. Pela primeira vez, correremos uma temporada completa da Mitsubishi Lancer Cup, já que na pré-temporada do ano passado tivemos apenas um primeiro contato com o evento e com o carro. Então, a ansiedade está apertando para acelerar na primeira etapa", afirma Sylvio de Barros, piloto que participou nas etapas de pré-temporada, em 2012, e tem presença confirmada para 2013.

A primeira das seis etapas da Mitsubishi Lancer Cup será realizada no dia 09 de março, no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP). A bordo do novíssimo Lancer Evo R, veículo desenvolvido no Brasil especialmente para o campeonato, a competição promete ainda mais surpresas já que o carro possui a mesma preparação para todos os pilotos.

"O carro atendeu muito bem às expectativas que tínhamos em desempenho e performance", exalta o piloto Renato Favatti. "A Lancer Cup em si tem muito do glamour e da tradição da Mitsubishi, oriundo dos rallies, e, sem sombra de dúvidas, é muito bem elaborada, organizada e o principal: focada em muita segurança, já que é um esporte a motor", completa.

Sit&Drive

Seguindo o formato de sucesso utilizado nas categorias L200 Triton da Mitsubishi Cup, a Mitsubishi Lancer Cup contará com o formato sit&drive. Nele, os veículos da competição são alugados para os pilotos, possuem mecânica e preparação idênticas e, durante a temporada, toda manutenção e apoio necessários são feitos pela equipe de mecânicos e engenheiros da marca dos três diamantes.

"O sistema sit&drive é fantástico, o melhor formato que eu conheço. Eu só consigo participar de competições como a Mitsubishi Lancer Cup por causa dele, já que eu sei que não preciso me preocupar com nada. Meu dia a dia no trabalho é corrido e saber que eu tenho uma equipe preparada da marca que deixará todos os carros iguais para a disputa, aumentando a competitividade, é importante", exalta Barros.

Para saber mais informações e como participar da Mitsubishi Lancer Cup, acesse o site www.lancercup.com.br, o Facebook (www.facebook.com/AutodromoVeloCitta) ou envie um e-mail para renatoperotti@mmcb.com.br.


Mitsubishi Drive Club

O Mitsubishi Drive Club é o complexo automobilístico lançado em 2012 pela Mitsubishi Motors, em Mogi Guaçu (SP). O local abriga o exclusivo Autódromo Velo Città, o Mitsubishi Racing Center e uma pista off-road. Desta forma, os amantes do automobilismo tem ao alcance um local completo e de última geração, que engloba todos os tipos de modalidades, on e off-road, sendo o único no Brasil com essas características.

Mitsubishi Racing Center

Localizado dentro do complexo do Mitsubishi Drive Club, o Mitsubishi Racing Center é uma ampla área de convivência para pilotos e convidados. Com uma completa infraestrutura, o local conta com uma sala para realização de briefing, espaço para almoço e premiações, lounge para descanso dos pilotos, além de vestiários e loja com produtos de competição.

Autódromo Velo Città

O autódromo Velo Città, da Mitsubishi, está localizado em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo. Construído dentro dos padrões exigidos pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e homologado pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), o local pode receber todos os tipos de competições oficiais.

Com 3.430 metros, cercado por matas preservadas e lagos, o traçado da pista conta com duas retas, sendo uma em descida seguida de uma curva em S e outra, mais longa, com quase 800m de extensão, que termina em uma curva travada para a esquerda. Considerada uma pista muito técnica, possui ainda 14 curvas em sentido anti-horário, tanto travadas quanto rápidas.

Novo túnel de vento aeroacústico da Mercedes-Benz: ferramenta contra a resistência e ruído do vento



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Mercedes-Benz

Com seu túnel de vento de mais de 70 anos em Stuttgart-Untertürkheim, a Mercedes-Benz foi a primeira fabricante de automóveis a possuir uma instalação desse tipo. Com o novo túnel de vento aeroacústico instalado no centro de desenvolvimento de Sindelfingen, a empresa mais uma vez se posiciona na vanguarda da pesquisa aerodinâmica.

Demonstrando a confiança da empresa no futuro, a decisão de construir o novo túnel aeroacústico foi tomada em 2008 - em meio a mais severa crise econômica em muitas décadas. A partir da metade de 2013, os técnicos da Mercedes-Benz terão acesso pela primeira vez às instalações necessárias diretamente no centro de desenvolvimento de automóveis de passageiros em Sindelfingen. Juntamente com o túnel climatizado que iniciou operações há dois anos e o novo centro de simulação de direção, ele completa as novas instalações de testes do Centro de Tecnologia da Mercedes-Benz e reforça o potencial de desenvolvimento da marca na Alemanha.

Ventilador: velocidade do ar de até 265 km/h, potência de 5 MW

O novo túnel de vento é configurado segundo o chamado design Göttingen, isto é, o ar é redirecionado para o ventilador após o corredor de medições e reacelerado, o que poupa uma grande quantidade de energia. O ventilador tem nove metros de diâmetro e 18 lâminas que colocam o ar em movimento. O torque máximo do motor elétrico do ventilador, 202.150 Nm, é aproximadamente mil vezes maior que o de um automóvel potente.

Com o vento circulando a 250 km/h, o consumo de eletricidade é de cinco megawatts. Nessas condições, o ventilador roda a 238 rpm e o volume de ar passante é de 2.000 m³ - o equivalente ao interior de três residências familiares - por segundo. A velocidade máxima do vento é 265 km/h.

A temperatura do ar no túnel de vento é mantida entre 23 e 24° C. Para assegurar que as medições são precisas mesmo quando a temperatura externa é baixa, no inverno, o revestimento de concreto é circundado por uma parede externa de isolamento. Durante a operação, o motor do ventilador aquece o ar circulando no interior do túnel. Em condições de temperatura externa mais alta, o ar é refrigerado por um trocador de calor localizado após o ventilador.

Antes que o ar acelerado pelo ventilador atinja o corredor de medição, por meio de um sistema de aberturas cobrindo 28 metros quadrados, ele precisa ser direcionado e suavizado para eliminar turbulências e redemoinhos indesejáveis. Isto é feito por retificadores e telas.

Amplas medidas para isolar ruídos foram tomadas para permitir o uso como túnel acústico, no qual os ruídos internos e externos do veículo podem ser medidos. Mesmo a 140 km/h, o fluxo de ar na área de medições é tão silencioso como um sussurro.

Reta de medições: cinco esteiras transportadoras a até 265 km/h

O elemento central da reta de medições de 19 metros no túnel de vento é o sistema de pesagem e esteiras transportadoras com mesa giratória, pesando cerca de 90 toneladas. O novo túnel de vento tem um sistema de cinco esteiras para simular a movimentação do carro na estrada. Uma pequena esteira corre sob cada roda e uma esteira central com nove metros de comprimento e um metro de largura passa entre as rodas. Todas as cinco correias são sincronizadas com o vento. Assim, até 265 km/h elas simulam exatamente as condições da estrada. A balança de 24 toneladas onde os veículos são posicionados é extremamente sensível. A precisão de pesagem é de algumas gramas. Até mesmo a fiação que liga os instrumentos de medição tem que ser roteada de forma a não introduzir forças estranhas ao sistema. Os valores obtidos com a ajuda da balança aerodinâmica são usados como base para o cálculo dos coeficientes de resistência aerodinâmica, forças laterais e força ascensional em cada eixo, além de movimentos de inclinação longitudinal, rolagem e desvios longitudinais.

O sistema de esteiras transportadoras e balança é integrado numa mesa giratória com 12 metros de diâmetro. Isto permite que os veículos testados possam ser submetidos a um fluxo de ar em ângulo, simulando ventos laterais. A mesa também permite que a troca dos veículos na área de testes seja feita com maior rapidez. Os veículos de teste são preparados em oficinas dentro do prédio do túnel de vento, adjacentes à reta de testes. Uma grande atenção é dispensada à rápida troca dos carros a serem testados, para que o túnel de vento possa ser usado da maneira mais eficiente possível.

Sistema de fixação de instrumentos: medidas precisas mesmo a 265 km/h

O sistema de fixação por meio de travessas suspensas permite que os engenheiros posicionem uma variedade de sensores aerodinâmicos e microfones ao redor do objeto testado com alto grau de precisão, de forma que as medições de pressão, acústicas e de velocidade sejam exatas. O sistema no novo túnel de vento de Sindelfingen tem sete eixos (três de translação para movimentos paralelos e quatro eixos de rotação), permitindo cobrir uma área de medições de 19 x 14 x 5 metros. O peso desse sistema é de 26 toneladas, pois os sensores de medição precisam permanecer em seu lugar exato, sem vibrações, mesmo quando o vento está em sua velocidade máxima.

Além de programas de simulação avançados, agora a Mercedes-Benz possui todas as instalações necessárias para consolidar ainda mais sua posição de liderança em eficiência aerodinâmica e também melhorar o conforto acústico de seus veículos. O Dr. Teddy Woll, chefe do departamento de Aerodinâmica / Túneis de Vento da Daimler AG, explica: "Computadores e túneis de vento são ferramentas muito importantes que complementam umas às outras perfeitamente. Utilizando cálculos de fluxo numéricos, conseguimos examinar fenômenos aerodinâmicos muito complexos e acompanhar até a menor turbulência para descobrir sua fonte. Já no túnel de vento, conseguimos testar um grande número de variações com muita rapidez. Um dia de trabalho no túnel de vento frequentemente leva a grandes melhorias tanto fora como dentro do veículo."

Ford Focus e Fiesta: o carro médio e o compacto mais vendidos do mundo em 2012



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Ford

A Ford foi a única marca a figurar com dois veículos no ranking dos cinco mais vendidos do mundo em 2012. O Focus manteve a posição de líder do segmento de carros médios e aparece em segundo na classificação geral. O New Fiesta foi o campeão de vendas entre os compactos e quinto entre todas as categorias. Os números foram divulgados pela Jato Dynamics, empresa líder em informações de inteligência automotiva.

O Ford Focus somou 964.580 unidades vendidas em todo o mundo, volume que representa um crescimento de 19,2% comparado a 2011. Esse sucesso é atribuído, principalmente, ao projeto avançado de design e engenharia, conteúdo de equipamentos, custo-benefício e comportamento dinâmico, considerado o melhor da categoria. No Brasil, a linha conta com as motorizações Sigma 1.6 16V Flex e Duratec 2.0 16V Flex, esta última com a opção de câmbio automático sequencial, nos modelos Hatch e Sedan.

Com 666.397 unidades vendidas em 2012, o Ford Fiesta liderou o segmento de compactos no mundo. Esse resultado confirma a aceitação do modelo, que em breve terá uma nova geração global produzida também no Brasil. Entre outras inovações, o carro se destaca por oferecer design arrojado, sistema de conectividade SYNC e equipamentos como controle de estabilidade e tração e assistente de partida em rampa.

O desempenho do Focus e do Fiesta ajudou a consolidar a Ford na posição de terceira marca de automóveis mais vendida do mundo em 2012. No total, a Ford vendeu 4.805.476 unidades, um crescimento de 1,7% comparado ao ano anterior.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Em três meses, novo Range Rover Vogue conquista 10 prêmios



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Jaguar Land Rover Latin America

O novo Range Rover Vogue é reconhecidamente o SUV mais refinado com amplas capacidades 4x4 do mundo. Este mais recente lançamento da Land Rover já possui 10 prêmios em apenas três meses, desde que foi apresentado no mercado.

Pela primeira vez, a indústria apresenta um SUV de carroceria de alumínio, capaz de elevar os níveis de luxo, com ainda mais performance em todos os tipos de terreno. O novo Range Rover Vogue também estabelece novos patamares em sustentabilidade, uma vez que tem até 420kg a menos do que sua versão anterior.

O prêmio mais recentemente recebido é o da AUTOBEST, promovido por um grupo de jornalistas especializados, que considerou o modelo como “Technobest de 2012”. Entre outros prêmios, o novo Range Rover Vogue é o “Dream Machine” do programa de TV Motorweek, o “Carro de Luxo do Ano” pelas revistas What Car? e Top Gear, e o “Melhor Carro Importado” pela publicação alemã Auto Motor und Sport. Além disso, o modelo também foi coroado “4x4 Vencedor” pelo jornal britânico The Sunday Times – Top 100 carros apresentados em 2012.

O diretor global da marca, John Edwards, disse: “Estamos orgulhosos em receber esse reconhecimento para o novo Range Rover Vogue de fontes internacionais tão importantes do setor automotivo. É algo fantástico e um grande mérito para este modelo, que chegou ao mercado há apenas três meses”.

É uma revolução sem precedentes na engenharia, com uma carroceria em alumínio tão leve e investimento em tecnologia para deixá-lo na vanguarda do que há de mais refinado e mais capaz no mercado. É uma satisfação verdadeira ver o reconhecimento de avaliadores e clientes de peso”, completou Edwards.

Novo Ford Fusion estreia versão "Stock Car" na Daytona 500



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Imprensa Ford

A Ford estreia o Novo Fusion NASCAR, versão "stock car" do seu sedã de luxo, na prova Daytona 500 deste final de semana. O veículo será visto pela primeira vez na pista, depois de dois anos de desenvolvimento para representar a marca na NASCAR (National Association for Stock Car Auto Racing), a categoria mais popular do automobilismo nos Estados Unidos.

A competição introduz uma série de inovações nesta temporada, com os chamados carros Geração 6. A principal novidade é a volta da identidade dos fabricantes para a NASCAR, dando continuidade às ações para aproximar a categoria dos consumidores, como a inclusão do uso de combustíveis alternativos.

"Somos uma empresa de carros e a NASCAR é uma corrida de carros.  Trabalhar juntos é uma grande oportunidade de criar carros que as pessoas veem na pista e se parecem com os que elas têm em casa", diz Jamie Allison, diretor da Ford Racing. "A oportunidade de trazer de volta a identidade das marcas para esses carros é algo que os fãs desejavam e nós realizamos junto com a NASCAR."

O nascimento do Fusion NASCAR começou há dois anos, com a criação do primeiro protótipo. Foi a primeira vez que o centro de design da Ford em Dearborn se envolveu ativamente no projeto de um carro de corrida para a NASCAR desde o final dos anos 1960. O objetivo foi criar um carro com as características aerodinâmicas exigidas pela competição sem perder a identidade visual com o carro de produção.

O Novo Fusion 2013 fez sua estreia mundial no Salão de Detroit, no começo de 2012, e apenas duas semanas depois a Ford realizou a primeira apresentação e testes de pista do Fusion NASCAR 2013 no circuito de Charlotte, nos Estados Unidos.

O objetivo da Ford é ampliar sua história de sucesso no maior evento da NASCAR, que teve três vitórias do Fusion nas últimas quatro corridas. Cerca de 40% dos pretendentes à compra de carros novos são fãs de corridas e, destes, quase 84% seguem a NASCAR.

"As corridas ajudam a direcionar nossos negócios. Sabemos que os fãs dos carros de corrida da Ford são mais propensos a comprar carros da marca que o público em geral. Assim, trazer de volta a relevância da NASCAR é um fator chave", diz Allison. "Os fãs vão às corridas porque adoram carros. Fazer com que os carros de corrida se pareçam com o que eles têm em casa cria aquela conexão emocional que desejamos."

Evento automotivo Autoesporte Exposhow foi lançado em São Paulo


VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

 Por Gerência de Comunicação - Reed Exhibitions Alcantara Machado

Os aficionados por veículos a motor e alta velocidade já tem agenda fechada para este ano. Em novembro, paralelamente à etapa final do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, acontece o AutoEsporte ExpoShow 2013, que tem como parceiros de mídia a Rede Globo, a Globo.com e a Editora Globo. A mostra irá provocar os visitantes com apresentações de carros supervelozes equipados com motores de alta potência proporcionando arrancadas apavorantes, tuning, dragsters, hot rods, muscle cars, clássicos e tudo que é ligado à personalização automotiva. A expectativa da organização é reunir, em 30 mil m², mais de 100 expositores e receber a visitação de 50 mil pessoas. O evento é organizado pela Reed Exhibitions Alcantara Machado.

Pesquisa com visitantes do Salão Internacional do Automóvel de SP, realizado em outubro de 2012, mostrou que mais de 50% tinha interesse em encontrar peças automotivas na feira. Experiência essa que não era efetivada, já que o foco do evento são os automóveis. “Essa pesquisa, aliada ao fato do aumento do poder de compra da população, levam o consumidor a investir mais em acessórios e personalização em seus veículos. Estilo e conforto viraram itens básicos, e é isso que o AutoEsporte ExpoShow vai mostrar”, explica Paulo Octávio Pereira de Almeida, Vice Presidente da Reed Exhibitions Alcantara Machado.

Aberto ao público, o AutoEsporte ExpoShow terá também um horário especial para ações com foco em negócios entre empresas. Para Roberto Schimdt, Diretor de Novos Negócios da Rede Globo, a plataforma de comunicação que este evento comporta é uma oportunidade única e inédita no mercado automotivo brasileiro. “Temos aqui uma composição que irá impactar diversos públicos. A Rede Globo vai levar a mensagem do evento para todo o Brasil e, com isso, a visibilidade de todo esse universo será aprimorada. Os acessórios, e todo universo em torno dos automóveis, que antes eram detalhes começarão a ser destaque”, explicou Schimdt.

A escolha da data

Realizado de 21 a 24 de novembro de 2013, o AUTOESPORTE EXPOSHOW acontece paralelamente ao GP Brasil de Fórmula 1, e torna São Paulo a capital latino americana do automobilismo. Mais um destaque na história do país, que já é o quarto país produtor de veículos e, com isso começa a aumentar sua visibilidade internacional. O evento será realizado todos os anos.

Troller desenvolve veículos especiais para aplicações profissionais



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br

Por Imprensa Troller

O Troller T4 é um utilitário conhecido pela capacidade off-road e retrospecto de vitórias em importantes competições da categoria, como o Rally dos Sertões. Mas se destaca também em aplicações profissionais que exigem um veículo com tração 4x4 e robustez para enfrentar trabalho pesado em ambientes agressivos. Para atender esses clientes, a Troller, marca do grupo Ford, desenvolve também projetos de veículos especiais em parceria empresas especializadas.

Um exemplo é o Troller T4 adaptado para o transporte de pessoas e equipamentos dentro das minas. Além de força para vencer rampas íngremes e terrenos acidentados, o modelo possui características ideais para uso em locais com condições adversas, devido a carroceria produzida em compósito, resistente à corrosão, e baixa manutenção do conjunto mecânico.

Por questão de segurança, a velocidade do veículo foi limitada a 30 km/h, usando apenas as três primeiras marchas. O sistema de câmbio também foi adaptado para funcionar de modo permanente com a reduzida 4x4 para tração máxima nas rodas. O chassi foi alongado para transportar 11 pessoas e o sistema de freios modificado para descidas prolongadas.

Também é possível encontrar utilitários Troller T4 adaptados atuando em serviços de utilidade pública de diversas regiões do Brasil, como polícia, bombeiros e guarda florestal. Um deles, desenvolvido para a polícia ambiental, recebeu uma gaiola para o transporte de animais de pequeno porte. O modelo para a polícia foi equipado com diversos protetores, sirene, iluminação especial e para-choque reforçado contra o impacto de veículos em perseguições. Já a versão usada pelos bombeiros traz nichos para o transporte de machados, pás e outras ferramentas utilizadas em ações de resgate e salvamento.

A força do Troller T4 é garantida pelo motor diesel MWM International 3.2 com turbina de geometria variável e injeção de combustível em alta pressão. Ele gera a potência de 165 cv e uma curva de torque que privilegia a força em baixas rotações, com pico de 380 Nm, para superar os desafios fora de estrada. A vedação resistente e o snorkel permitem rodar em até 800 mm de profundidade na água.

"Essas versões especiais mostram a grande versatilidade e resistência do Troller T4, tanto para competições e lazer como para uso profissional", diz Roberto Suda, especialista de produto da Troller.