segunda-feira, 25 de maio de 2015

Volkswagen vende 42 Amarok para equipar a Defesa Civil do Espírito Santo



VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br


A Volkswagen do Brasil acaba de vender 42 Amarok para a Defesa Civil do Estado do Espírito Santo, após vencer licitação pública. A partir de agora, os 78 municípios capixabas poderão ser atendidos pelos novos veículos da Defesa Civil. Os modelos foram recebidos em ato solene no Estádio Kleber Andrade, no município de Cariacica, no último dia 12 de maio. O objetivo do Governo do Estado, por meio da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (CEPDEC),  é que – com os veículos – as Defesas Civis Municipais estejam preparadas para prevenção e redução de riscos de desastres naturais.

O gerente executivo de Vendas Corporativas da Volkswagen do Brasil, Alberto Andrade, afirmou que o negócio realizado com o governo capixaba representa mais uma importante conquista na região para a marca Volkswagen, que liderou as vendas no varejo (direto ao cliente) no Rio de Janeiro, no mês de abril. De acordo com Carlos Leite, gerente de Produto e Marketing da Amarok, a escolha do modelo para equipar a Defesa Civil “evidencia as grandes qualidades da picape da marca, que proporciona ao cliente altos níveis de desempenho, segurança e conforto, mesmo nas condições mais difíceis.” A entrega e a venda foram intermediadas pela concessionária Vitoriawagen.

Fonte: Volkswagen do Brasil - Assuntos Corporativos e Relações com a Imprensa

Nissan atinge marca de 10 milhões de carros produzidos no México






VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br


Após quase cinco décadas do início de suas operações no México, a Nissan alcançou nova e impressionante marca: 10 milhões de veículos produzidos. Este total representa os esforços conjuntos das três fábricas que, juntas, atingem capacidade de produção de mais de 800 mil unidades.

A unidade 10.000.000 foi um Nissan Sentra SR azul produzido na fábrica Aguascalientes 1. O carro será vendido na concessionária da marca na cidade de Toluca.

Durante 2014, a Nissan produziu 871.871 unidades no México, o que representa aumento de 18,47% em relação a 2013. É o maior volume produzido pela Nissan nesse no país da América do Norte desde o início da sua operação.

A Nissan iniciou a produção de veículos no México em 1966 com o Datsun Bluebird, na fábrica CIVAC, no estado mexicano de Morelos. Esta unidade foi a primeira da companhia a produzir veículos fora do Japão e recentemente celebrou seu 49º aniversário.

Em 1982, a Nissan expandiu as operações para o centro do país ao abrir sua fábrica de motores na cidade de Aguascalientes – dez anos depois era inaugurado o complexo industrial Aguascalientes A1. O primeiro modelo de produção a sair desta planta foi um Nissan Tsubame, exportado para o Japão e, posteriormente, um Nissan Tsuru tanto para o mercado doméstico quanto para exportação.

Em 2013 a Nissan celebrou a abertura da fábrica Aguascalientes A2, um benchmark para toda a marca graças às diversas realizações e por ter atingido a capacidade máxima de produção apenas 19 semanas depois de iniciadas as operações, com 613 veículos produzidos por dia.

A Nissan Mexicana chegou ao seu 5º milionésimo veículo produzido com 40 anos de operações (1966-2006), mas, levou apenas nove anos para dobrar este número graças ao aprimoramento de processos industriais, ao desenvolvimento e implantação de tecnologias de ponta e, mais importante, à paixão e ao comprometimento dos mais de 14.500 funcionários.

Com 10 milhões de veículos produzidos no México, a Nissan reforça seu comprometimento com a eficiência, qualidade e alta produtividade, além de estabelecer uma nova meta de produção para o ano-fiscal 2015: 820 mil carros.

Fonte: Nissan do Brasil





Ford lança o Figo (novo Ka) na África do Sul


VISITE O SITE CARPOINT NEWS: www.carpointnews.com.br


A Ford confirmou que vai lançar o novo Ka na África do Sul no final deste ano. Como na Índia, o veículo será chamado localmente de Figo, mas a oferta de modelos seguirá a mesma configuração do Brasil: pela primeira vez, além do hatch a linha contará no país com uma versão sedã. As duas carrocerias terão a opção de motores a gasolina ou diesel, câmbio manual ou automático e serão produzidas na Índia.

A nova linha desenvolvida no Brasil vai substituir o atual Figo no mercado sul-africano, baseado no antigo Fiesta RoCam, e tem a meta de se tornar uma das mais vendidas no segmento de compactos, apostando na inovação. Entre seus principais atributos, estão qualidades que o consumidor brasileiro já conhece: design moderno e arrojado, tecnologias inteligentes, alto nível de equipamentos, segurança e economia de combustível, com foco no custo-benefício.

Na pré-apresentação do carro para a imprensa local, foi destacado o design novo e arrojado, com grade trapezoidal, faróis alongados e spoiler traseiro, além do interior confortável, espaçoso e bem acabado. Sistema de conectividade SYNC com comandos de voz e Bluetooth, chave programável MyKey e ar-condicionado com controle eletrônico serão alguns dos opcionais.

Na parte de segurança, além de airbags duplos a linha vai oferecer airbags laterais, freios ABS, controle eletrônico de estabilidade e tração e assistente de partida em rampa.

Fonte: Imprensa Ford